sábado, 21 de maio de 2011

Morro de São Paulo: Fonte Grande

Morro de São Paulo é mesmo uma cidade histórica! Passeando por suas ruas, eu sempre descobria algo novo, ou melhor, antigo! E a Fonte Grande foi uma destas descobertas ao acaso.



A Fonte Grande foi construída em 1746, durante o período Brasil Colonial. Foi considerada o maior sistema de abastecimento de água e citada como um exemplo de tecnologia na época. Rodeada de lendas e fatos pitorescos, o local serviu de palco para episódios que até hoje despertam a curiosidade dos turistas que a visitam. Uma antiga lenda, diz que a Fonte foi descoberta graças a um milagre atribuido a Nossa Senhora da Luz, durante a construção da igreja e sua principal função era abastecer a guarda e o presídio da Fortaleza de Tapirandu.


O Portal para chegar na Fonte Grande




A Fonte Grande tem também outra curiosa denominação. É conhecida também como Fonte do Imperador e este nome é atribuído devido a um suposto banho que o imperador D. Pedro II tomou no lugar. E, detalhe: ele não estava sozinho e sim acompanhado de Domitília de Castro, a famosa Marquesa de Santos.

A cisterna por onde passa a água


A veracidade de tal acontecimento é provada através das anotações que D. Pedro II fez durante sua visita a Morro de São Paulo, que foi devidamente registrada e guardada. O banho de D. Pedro II e da Marquesa de Santos na Fonte Grande contribuiu para a fama do local.  





As ruas localizadas próximas à Fonte cresceram. Aos poucos foram sendo construídas casas e pousadas para atender as novas necessidades de Morro de São Paulo.


Hoje não se toma mais banho na fonte!

Hoje, próxima a Fonte, concentra-se um comércio diversificado, onde além de restaurantes, padaria e lojas, são oferecidas várias opções de hospedagem. Apesar do progresso, ainda pode-se ouvir o barulho da água que dizem antigamente ser mais abundante e límpida e fazia a alegria da comunidade do povoado de Morro de São Paulo. Você já imaginou estar visitando o local e deparar com alguém literalmente “tomando banho”? Antigamente isto era normal e habitual pois através de suas águas a população banhava-se nos tradicionais banhos coletivos que até hoje são lembrados com saudades por aqueles que viveram esta época.


Fonte: Morro Travel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...